Que religião Jesus fundou, ou qual é a religião verdadeira?






Gostaria agora de pensar em religião e de falar sobre este assunto sempre tão importante para a humanidade em geral, de uma forma bem diferente do que a grande maioria das pessoas pensa e do que muitas destas pessoas costumam praticar também, certamente esperando agradar a Deus, Alah, Krishna ou a qualquer outra divindade transcendente e muito superior ao homem simples e comum. A melhor definição de religião que me ocorre então é aquela, segundo o conceito latino de religare, como algo que nos religasse (ligasse novamente o ser humano, totalmente separado da divindade ou Ser superior, no caso dos cristãos, por causa do pecado original) Neste caso então, a RELIGIÃO verdadeira ou se preferir, o verdadeiro religare seria o próprio Cristo revelado nas escrituras, baseando-se na declaração que ele mesmo fez a respeito de si: “Eu sou o CAMINHO, a VERDADE e a VIDA, ninguém vem ao Pai, senão por mim (João 14.6)” Observem que ele não diz “vai” e sim “vem” ao pai o que significa:               1º - Que ninguém consegue de fato chegar até Deus se antes, não passar por Ele 2º - Que – como o próprio Cristo também afirmou: quem o vê, também vê o pai (João 14.9) e que Ele e o pai são UM (unicidade) João 10.30 e é algo que se completa na afirmação do apostolo Paulo em Colossenses 2.9 de que nEle habita corporalmente toda a plenitude da divindade. Daí pode-se concluir que a RELIGIÃO VERDADEIRA ou, melhor dizendo, O VERDADEIRO RELIGARE (ou, melhor ainda: O ÚNICO RELIGARE) é o nosso amado Senhor e Salvador Jesus Cristo e não uma organização, mística ou eclesiástica, seja ela qual for, com todos os seus dogmas, paramentos e tradições, com toda sua ritualística, reuniões e cerimônias mecânicas ou até mesmo suas dinâmicas de cultos que parecem, grosso modo, pretender-se através destas formulas e ritos, aplacar a divindade e (ou) se alcançar algum favor dela. Se nós formos pensar em termos históricos ou culturais, poderíamos sim afirmar, sem medo de errar, que Jesus, aquele filho de um carpinteiro da cidadezinha de Nazaré, foi de fato aquele que fundou a religião cristã (ou Cristianismo) no primeiro século da nossa era, porém se pensarmos em religião como algo livre de formas ou conceitos humanos, chegar-se a uma sabia e importante conclusão de que ele não fundou nenhuma religião, pois é a própria Religião em si ou o único e verdadeiro religare, que nos liga outra vez a Divindade Transcendental, A Deus. Portanto você não precisa hesitar nem ter vergonha quando alguém te perguntar se tem alguma religião ou a qual religião você pertence e pode responder tranquilamente: Sim, eu tenho Jesus Cristo! Pois é Ele aquele que é santo e verdadeiro, o amém, a testemunha fiel e verdadeira o fundamento de toda a criação. Aleluia! (Apocalipse 3.7,14)



  20/01/16                                                                               Paulo Marques da Silva

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog